PERIPÉCIAS DE UMA MENTE INSANA

Eu sei que esse é só mais blog, dentre milhares que existem por aí. Com certeza ele não é o mais interessante, muito menos o mais bem feito e bem escrito. Eu sei também que ele é escrito por uma pessoa comum, como milhões que estão espalhadas nesse planeta. Sinceramente, não vejo nenhum motivo forte que possa convencê-lo a ler esse blog. Talvez quando eu descobrir, eu te conto.

sábado, 15 de agosto de 2009

Impressionante a fugacidade da vida! O que ontem era imprescindível, hoje já perdeu o sentido. E eu insisto em me perguntar, por quê? Não há uma resposta, mesmo assim persisto na dúvida. Procurar resoluções que não existem é o que me mantém viva ultimamente. Porém, toda essa abstração me consome... ás vezes largo de mão.

Gosto dessa liberdade de poder largar as coisas de mão quando bem entender. Me sinto mais leve por não precisar carregar alguns pesos extras, além dos meus próprios.

Fiquei 'dando pulinhos' com um certo acontecimento, e no dia seguinte, passei as tardes cabisbaixa por uma doença na família. Nunca gostei dessas fugas de controle.


STATUS
ouvindo: relíquias de The Doors e Nei Lisboa, encontradas recentemente.
lendo: 'On the road' e metade da minha super.
vendo: talvez algumas meias velhas e desbeiçadas que já não uso mais.
sentindo: preocupação, medo, euforia, vontade de não fazer nada. Nem um post decente.

3 comentários:

Diogo Diarone disse...

Parece posto de poassoa biPolar...HAHAHA
Um hora ta alegre na outra triste e na seguinte braba. =p...

darsh. disse...

parece bem comigo

rootsonE disse...

Diiii ♥ não sou bipolar! tu me conhece! asuihuiasiash sou uma mulher, por isso tão interessante? haha mulheres possuem encantos e magnetismo, pelo simples fato de serem mulheres!

Loading...