PERIPÉCIAS DE UMA MENTE INSANA

Eu sei que esse é só mais blog, dentre milhares que existem por aí. Com certeza ele não é o mais interessante, muito menos o mais bem feito e bem escrito. Eu sei também que ele é escrito por uma pessoa comum, como milhões que estão espalhadas nesse planeta. Sinceramente, não vejo nenhum motivo forte que possa convencê-lo a ler esse blog. Talvez quando eu descobrir, eu te conto.

sábado, 26 de dezembro de 2009

.


Preciso deixar que as lágrimas rolem, até que a última delas seja expulsa, e que junto carreguem os meus piores pesadelos. É tão difícil desfazer-me delas de maneira definitiva, pois parecem se multiplicar a todo instante! Não fazem nenhuma cerimônia, vêm à tona nas situações mais inusitadas e não importam-se com o estrago que causam. Apenas escorrem, pesadas, tentando apaziguar um coração turbulento e desatar os nós que se acumulam na alma. Se acaso alimento-as, é com a esperança de que me deixem em paz.



.

Nenhum comentário:

Loading...